A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Only variable references should be returned by reference

Filename: core/Common.php

Line Number: 243

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /services2/webpages/util/i/g/ig7680372.igvantagens.com.br/viravida.org.br/public/system/core/Exceptions.php:170)

Filename: core/Security.php

Line Number: 134

A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /services2/webpages/util/i/g/ig7680372.igvantagens.com.br/viravida.org.br/public/system/core/Exceptions.php:170)

Filename: libraries/Session.php

Line Number: 671

VIRAVIDA

Encontro marca ingresso de novos jovens no ViraVida do Paraná

Encontro marca ingresso de novos jovens no ViraVida do Paraná

O Parque Tecnológico Itaipu (PTI) recebeu, no início de março, 170 jovens que estão participando do processo de inserção para a nova turma do ViraVida em Foz do Iguaçu, onde serão inseridos 50 jovens. O ViraVida foi implementado em Foz do Iguaçu no ano passado, por meio de uma parceria entre o SESI, a Fundação PTI e a Itaipu Binacional, e funciona dentro das instalações do PTI, atendendo 3 turmas que totalizam 67 jovens.
Para a nova formação deste ano, os jovens inscritos participaram de um processo de ambientação, realizado nos dias 12 e 13 de março, no qual foram apresentados os principais aspectos do programa, a equipe responsável e os cursos ofertados, além das atividades psicossociais e de desenvolvimento humano.
“O ViraVida vem para suprir a falta social de um atendimento direcionado ao jovem em vulnerabilidade social. Temos orgulho de, há 5 anos, fazer com bastante competência um trabalho de inclusão social destes jovens”, disse a coordenadora local do Programa, Cássia Santana Ribeiro.
Essa é a primeira vez que o processo de inserção ocorre, desde o início, em parceria com a Fundação PTI. Ele é realizado a partir do encaminhamento das redes de atendimento, como o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), o Conselho Tutelar, a Vara da Infância, Núcleo de Proteção da Criança e do Adolescente (NUCRIA-Polícia Civil), entre outras, passando pelas etapas de Encontro Coletivo, Entrevista Individual e inserção final dos adolescentes.
Todas estas etapas seguem o manual de tecnologia social do ViraVida, que compreende ainda a articulação e mobilização da rede e a inserção e acolhimento em consonância com os pressupostos do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA, bem como com outras legislações e normativas vigentes: Constituição Federal (arts. 226 e 227). A segunda etapa do processo está acontecendo no decorrer desta semana com a realização das entrevistas individuais e avaliação da equipe técnica, por meio dos estudos de casos.
“Temos aprendido com os jovens e nos tornado cada vez mais crentes na capacidade de transmutação de vivências de carências, em expressões de potências. Cada centavo investido no Programa se reverterá em jovens mais preparados para ingressar na sociedade e enfrentar o mercado de trabalho”, finalizou Cássia.
Fonte:
Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP)